Imagem: Superman – by Watchall – DeviantArt

… Um homem que goste de heavy metal
Mas tenha um pé, de leve, na clássica.
Que curta Sinatra, Elvis, e um pouco de country.
Que goste das antigas, tipo da era jurássica.

… Um homem que saiba, com maestria,
Pilotar uma churrasqueira.
Que seja um “chef” no final de semana
E que jamais menospreze uma saideira.

… Um homem que tenha mais de 45 e menos de 55
Já que a vida ainda tem muita estrada.
Que seja um pouco santo com um “que” de louco
E que não se incomode com uma vida bagunçada.

… Um homem de cabelo arrumado
E com um olhar de perder o fôlego.
Que tenha uma barba curta no rosto
Para deixar meu andar trôpego.

… Um homem que adore feira
E que se divirta num supermercado.
Que não se incomode com horas de shopping
E com o extrato do cartão não fique abalado.

… Um homem confiante, mas bondoso
E que jamais seja um autocrata.
Que seja forte, viril e corajoso
Para enfrentar e aniquilar qualquer barata!

… Um homem que adore cachorros
E que tenha carinho com idoso e jovem.
Que seja fiel, amoroso e caseiro
E, que suas atitudes, ninguém as contraprovem.

… Um homem que adore quase todos os filmes
E não se interesse pelos de sangue pingando do televisor.
Que ame filmes de comédia, suspense e ação,
Mas me empreste o ombro quando o filme for de amor.

… Um homem que me leve até Roma, Paris, Veneza e Füssen
E em todas as outras cidades mais românticas.
Que seja um desejo seu, sem eu precisar “impor”
E que suas promessas de amor não sejam questão de semânticas.

… Um homem que seja um pouco deus, um pouco o tinhoso
Um homem viril, lindo, forte, quase um superman.
Se esse homem sair da imaginação e se materializar
Juro que, todos os dias da minha vida, falarei “amém”!

® TEXTO REGISTRADO. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Imagem: Dreeams – by Maria24Smile – DeviantArt

Hoje olhei para trás. De um modo que não gosto.
De uma forma que me incomoda. Machuca. Magoa.
De uma forma que me faz pensar o que seria se…? Onde eu estaria caso…???
Não gosto de “casos” ou de “ses”.
Essas palavras escancaram o que mais queria e nem cheguei perto.
Mostram que o futuro pegou meus planos e jogou no fundo do acaso.

Hoje uma daquelas músicas que ouvia, ouvia, ouvia…
Tocou num CD que comprei. Erro crasso.
A música, tocada agora, só me recorda do que ficou no passado.
Um passado que não retorna, não revive, não planeja.
E, mesmo assim, ficou no repeat, repeat, repeat…
Como se repetisse “fracassado, fracassado, fracassado”…

O que eu mais desejava? O que mais queria?
Não lembro. Busco nas fagulhas de lembranças e nada vem.
A cada acontecimento o futuro, irrequieto, se redesenhava.
E eu me moldando aos passos para o lado que eram necessários.
Muitos incertos, alguns a contragosto, outros aleatórios.
Era um redemoinho onde meu coração, de mim mesma, desdenhava.

Meus sonhos se perderam, mudaram, morreram.
Cada um, alguns, uns poucos, todos. Quem é que sabe?
Mas sempre vem aquela pergunta rebelde, insólita, retórica…
“Onde estão meus sonhos?”
Não sei. Perdi, matei, enterrei, despachei, deixei morrer.
Só não posso me deixar morrer, ou terei somente uma vida teórica.

(*) Alguns amigos sabem porque e como comecei a escrever. Era uma cartase. Estou, novamente, limpando a alma.

(**) Inspirada por “Still – The Commodores”

® TEXTO REGISTRADO. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Eu sei… Sempre soube. Todas sabem que vocês não ficam, a vida toda, por perto.
Faz parte do pacote que compramos.
Eu sei… Você tem seus sonhos, seus desejos. E, se contribui com eles, foi pouco. Sempre foi.
E você sempre fez parte de toda a minha vida.
Eu sei… Nossos gostos nunca serão iguais. É a divisão da vida, sempre foi.
E nem por isso foi impedimento para nossas baladas, exposições, festas, teatros, bares…
Eu sei… Sou muito bruxa, muito chatinha, muito irritante. Chatinha irritante.
E nem por isso você desistiu, um segundo sequer, de mim.
Eu sei… Muitas vezes fui sua filha. Naquelas horas em que seu ombro era o lugar mais seguro.
E continua sendo. E sempre será.
Eu sei… Sempre fui a mais criança entre nós. A mais chorona, a que deu violentas cabeçadas na vida.
E você sempre ali, ao meu lado. Segurando tudo.
Eu sei… Falo coisas sem nexo, às vezes. E sou turrona o suficiente para não pedir desculpas.
E você, com esse coração imenso, acaba esquecendo.
Eu sei… Inúmeras vezes fui relapsa, dispersa, desconectada. Não ouvi e ainda briguei dizendo que você não falou.
E você, com uma paciência de Jó, repetiu.
Eu sei… Perdi a conta das festas, jogos nas madrugadas, reuniões de trabalho que você precisava comparecer e lá fui eu, nos cafundós do Judas, te buscar.
E você, com esse jeito simpático, conseguiu carona.
Eu sei… Já te vi P*uto da vida com políticos, igrejas, governos e crescendo a vontade, em seu âmago, de mudar tudo isso.
E você, mais sensato que eu, argumentando com ferocidade e verdade.
Eu sei… Suas asas estão prontas para o seu voo. Assim como voei.
E você, como sempre, preocupado em me deixar sozinha.
Eu sei… Filho. Sua vida está só começando. Eu não posso mais segurar.
E você não vai deixar nem eu, nem ninguém, atravancar seu caminho.

Eu sei… Leonardo. Seu caminho está sendo trilhado.
E você terá sempre a mim, quando precisar.

® TEXTO REGISTRADO. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Não há preconceito em minha casa. Qualquer ser humano merece o mesmo respeito. Seja ele branco, negro, amarelo, gay, lésbica, transexual.

Mas algumas pessoas se incomodam. Ao ponto de se tornarem ridículas ao fazer uma reclamação contra a propaganda de “O Boticário” no site Reclame Aqui.

Se não bastasse conclamam seus “fiéis” a dar um “não curtir” no vídeo disponibilizado no Youtube.

Então vamos conclamar os NÃO FIÉIS (na opinião deles): os espíritas, umbandistas, católicos, mórmons, judeus, ateus, etc. e mostrar que Deus não condena ninguém. E, se Ele não condena, quem somos nós para tal ato vil e mesquinho????

Preconceito está na cabeça de quem o nutre, o condena, o enxota de sua vida como se fosse um inseto. Não somos melhores que ninguém por termos visões diferentes sobre nossa sexualidade, seja ela hétero ou homo.

Não sabemos o que nos reserva o futuro, em nós mesmos e nossos filhos. Se seu filho se descobrir homossexual você vai dar a ele um “não curtir”? Vai enxotar de casa?

Vamos no Youtube (o link está aqui) e responder aos srs. Fiéis que nós, os não fiéis, também temos voz! Vamos acabar com a homofobia, que tantas vidas já ceifou. Dê um like no vídeo!

watch?v=p4b8BMnolDI




"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney