livro03.jpg
Imagem: Submarino

- Nossa! Nem acredito que estou em casa, plena quarta-feira, 5 e meia da tarde… Vou é tomar aquela cerveja gelada, “a” breja especial que comprei no Emporium e guardei aqui na geladei… Ei! Cadê a minha cerveja? Será que eu tomei e não lembro??? A Eulália não bebe… Bom, abro uma latinha mesmo para acompanhar as azeitonas temperadas que fiz e… Mas que coisa! Cadê as minhas azeitonas??? Não creio! Devo estar cansada demais, serviço demais. Melhor eu tirar este salto, essa roupa engomadinha, tomar um banho, colocar uma roupa bem quentinha, escrever e… Taqueospariu! Minha toalha, molhada, ensopada, em cima da cama? Meu CD novinho no som??? E essa roupa amontoada no canto do quarto? E meu “note” ligado?? MUITA HORA NESSA CALMA! Só pode ser…
- Grrrmmm… Chomp… Huummm… Chomp…
- Pedro Henrique… Explique-se!
- Oi, Sandrinha… Chegou cedo hoje, né??? Devia ter avisado.
- Avisado, é??? Para que? Para você arrumar tudo? Esconder a bagunça, o assalto à minha geladeira? É isso o que você faz quando não estou aqui?
- Calma, garota. Eu só…
- Pára. Pára! PÁRA!!!
- San… Eu só…
- Só o que, P.H.? Só o que??
- Eu só queria diz…
- Dizer o que? Que eu me mato de tanto trabalhar, que não tenho mais tempo para nada, que nem almoçar direito eu almoço com tanto serviço, que chego tarde, que mal vejo ou converso com meu filho e minha mãe e, enquanto isso, você invade a minha casa, a minha vida, toma minha cerveja gold, come minhas azeitonas, usa a MINHA toalha, meu banheiro, meu xampu – MEU XAMPU, P.H.!!! – liga meu computador que nem o Léo eu deixo usar, espalha roupa suja pelo quarto, joga toalha molhada em cima da minha cama que, por sinal, está nitidamente desarrumada porque você, com certeza, dormiu a tarde toda nela e ainda tem a cara de pau, CARA DE PAU de aparecer mastigando sabeseláoque da minha cozinha??? Você pensa o que? Você é meu amigo e não pensionista desta casa e eu já estou com a paciência na lua com voc…
- C.H.E.G.A.! Chega, Sandra Pontes.
- E quem você pensa que é para grit…
- Eu? EU?? Eu sou o amigo que você criou quando ainda era criança. Lembra disso? EU sou o babaca que agüenta seu mau humor, o seu choro de madrugada, suas crises de insônia, suas criações deliciosas na cozinha, o palhaço que fica escondido num canto escuro da sua vida e que só aparece quando você está triste, perdida, numa enrascada, sozinha no carro bem na hora do horário eleitoral, aquela voz chata e incômoda que te manda calar essa boca quando a abre para falar besteira ou xingar alguém. Eu sou o idiota que acabou de descobrir, por exemplo, que ali no canto há uma poltrona e não uma extensão do seu guarda-roupa, que usou a sua toalha e colocou uma limpinha no banheiro para você, quando chegasse do serviço. Eu sou o tonto que não bebeu a sua “gold”, mas a colocou no compartimento “extra frio” para você. Lembrou de mim agora?
- P.H. eu…
- Você o que? Vai falar que está estressada? Tô cansado dessa desculpa esfarrapada e… San… Sandra… Tá chorando?? San!!
- Haammhhhaaammm.
- Tá chorando…
- … N..ão…
- Olha prá mim.
- … hhhaaammmmhhhaammm… Não.
- Então o que é???
- … Na…da….
- Fala, mulher! Ei! Você está rindo!
- HAHAHAHAHAHAhahahahahahahohohohoHOHOHOHOHOHO…
- Posso saber o motivo?
- Nós dois…
- O que tem?
- Parece a história de “Cachinhos Dourados e os três ursos”… hohoHOHOHO… “Alguém comeu o meu mingau”… HAHAHAHAHAhahahaha… “Alguém dormiu na minha cama”.
- …….
- hahahahahaha… Ei, fofo. Ficou bravo?
- … N..ão…
- Mesmo?
- Me…smo.
- Então olha aqui.
- … N..ão…
- Por que??? AHA! Você está rindo…
- HOHOHOHOhohohohoHOHOHOHOHOHOHOHO…
- P.H.!
- Vai tomar seu banho, vai… hahahahahahaha… Vou arrumar umas coisas e vou embora. Deixar você descansar. Outra hora eu volto.
- P.H…
- Vai descansar, moça. A gente conversa depois. Mas, antes, uma coisinha…
- Fala…
- As azeitonas estavam divinas. Pode fazer mais!
- O que??? Ei! Volta aqui! P.H.!… Droga! Bom… Fazer o que? Mais azeitonas… Tchau, amigo. Volta logo…


Autoria:
Sandra Pontes

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Comunidade do site no Orkut.
Participe.


®
TEXTO REGISTRADO. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Wednesday, May 14th, 2008 at 11:16 pm and is filed under Meu Amigo Imaginário. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

7 Corajosos!!!


  1. Dourado on May 15, 2008 1:33 am

    Ah, brejeira!!!

    Cachinhos o q?

    Como vc sabe q eu tinha cachinhos, rsrsr

    inté

    vc tá com a Medalha de Bronze (q ainda não confeccionei) nos comentários!

  2. Edu on May 15, 2008 8:16 am

    Ei, você vem com o Léo + P.H. nos visitar, né? :-)

    Beijo!

  3. gugala on May 16, 2008 12:01 pm

    ótimo diálogo
    perfeito
    bj

  4. Jôka P.-Av. Copacabana on May 16, 2008 1:22 pm

    Sandra, obrigado pelo alô lá no Av. Copacabana !
    um beijo !
    8)

  5. teresa on May 17, 2008 8:39 am

    jura que você tem um amigo secreto? que máximo!!!

  6. nome confidencial on April 20, 2010 9:03 pm

    :S ñ entendi ? pode meexplicar ?

  7. Sandra on May 13, 2010 9:12 pm

    Não… Se vc fosse leitor(a) assíduo saberia do que eu estou falando aqui. Obrigada. Próximo!

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney