Alguns sabem da “saga” vivida por mim nestes últimos dois meses. Mudança de emprego e me juntando a uma equipe de amigos que já havia trabalhado comigo na empresa anterior.

O que eu não sabia é que meus queridos iriam “cuidar” de mim tão bem, com tanto zelo.

Vou apresentar cada um deles.

A partir da esquerda, temos Luis. Meu gerente. Casado, pai de uma gatinha linda, ele se sente meu irmão. Vigia meus passos no shopping, na hora do almoço. Com esse tamanho todo, passa tranquilamente por meu segurança, o que impossibilita qualquer aproximação ou mesmo um olhar de algum homem.

Logo a seguir vem o Rubens. Ele já é mais discreto, só olha feio para qualquer desavisado que se aproxime.

E temos o Fábio…. Ahhhh, o Fábio. Um amor de moço. Futuro pai. Esse é “maravilhoso”, cuidadoso e o mais discreto de todos. Tanto que cheguei a retardar o passo para me livrar um pouco dos cuidados. Mas ele é atento, prestativo. Quando percebeu que eu me afastei e consegui, finalmente, olhar para alguém, eis que ele, tão gentil, pára, olha para trás e solta a frase mais carinhosa que já ouvi. E para que todos no corredor ouvissem também:

– Sandra, já para cá!!!!

Não foi lindo?

Decidi andar com a mão esquerda sobre o nariz, assim bem visível, para que não achassem que eu era esposa de algum deles. O problema é que incomoda, dói o braço. E não funciona já que cobria metade do meu rosto!

Não estava fácil andar com esses três moços…

Então, num dia, me rebelei. Pedi minha carta de alforria! Agora almoço sozinha, em outro horário e em outro lugar.

Sinto falta da sensação de “celebridade” cercada de seguranças, mas a liberdade não tem preço!

::: P.S. Sei que vocês três lerão, mas não aceitarei represálias!


®
Texto registrado. Proibida reprodução sem prévia autorização.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Monday, December 19th, 2005 at 9:47 pm and is filed under À parte. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

10 Corajosos!!!


  1. Jacque on December 19, 2005 10:16 pm

    hehehehehehehe! Uma escapulidela de vez enquando faz bem! E aí de quem se aproximar com segundas, terceiras, quartas e quintas intenções, hehehehehehehe!
    Beijos.

  2. Alexandre on December 20, 2005 8:31 am

    Sandra, isso é cárcere privado. Entre com um pedido de “Abeas Corpus”! Ninguém merece esse castigo.
    Ps.: Na foto = a bela e as feras!

  3. Nina on December 20, 2005 10:48 am

    Hahaha!!
    Bom receber atençã mesmo que nos sufoque um pouquinho!!
    Volte aos seus seguranças então, ué!!!
    Beijinhos e boa semana…

  4. Anonymous on December 20, 2005 1:05 pm

    Tô com os meninos e não abro! Tem que proteger e fazer seleção (conduzida por eles, claro) antes de chegar a 10 passos de distância!! 🙂

    beijo!!

  5. edu on December 20, 2005 1:05 pm

    eita, é edu! não anonymous!!

  6. Viva on December 20, 2005 1:22 pm

    Pô rapazes, liberem a Sandra pro mercado, hahaha.

  7. Flavio Prada on December 20, 2005 4:24 pm

    Que corpinho!

  8. ronzi on December 20, 2005 10:58 pm

    Ah! Vai! Vc gosta de ser paparicada…

    Bjo.

  9. João M on December 24, 2005 4:59 pm

    E o sapo, não tem nome??? hehehe…

  10. dedetizacao on October 27, 2020 8:43 pm

    Melhor serviço de dedetização com tudo que precisa.

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney