Achei que pudesse voltar a postar. Não posso. Ainda não. Até tenho as idéias, mas não consigo fechá-las. Para falar a verdade, não me sinto capaz de escrever uma única linha. Este texto, mesmo. Já comecei e parei, deletei e recomecei um monte de vezes. E, para ser sincera, minha cabeça não está aqui, na blogosfera. Está na minha casa, com a minha família. Por isso vou reeditando alguns textos até ter condições de voltar.
Mas eu quero deixar algo aqui, algo especial. Dividir um momento que me emocionou muito.
Hoje, no quarto com meu pai, ele me pediu um livro. Abriu a página e leu em voz alta, para mim:


“I CORÍNTIOS 13

I Coríntios 13:1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine.

I Coríntios 13:2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

I Coríntios 13:3 E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

I Coríntios 13:4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece,

I Coríntios 13:5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal;

I Coríntios 13:6 não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;

I Coríntios 13:7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

I Coríntios 13:8 O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

I Coríntios 13:9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;

I Coríntios 13:10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.”

Um beijo grande em cada um.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Sunday, January 7th, 2007 at 9:13 pm and is filed under À parte. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

10 Corajosos!!!


  1. Arthur Episcopo on January 8, 2007 6:56 am

    Este texto bíblico realmente parece ter inspiração divina !
    Sandrinha, precisando de ajuda, um ombro, apoio, alguém para falar várias besteiras, amenidades ou palavrões (acho que sempre há uma hora para cada uma dessas coisas), estou como sempre ao alcance de um “Oi”…
    Beijos e uma ótima semana, garota !

  2. Edu on January 8, 2007 8:34 am

    Muito lindo, minha amiga. Tem algo que possamos fazer por você?

  3. Yvonne on January 8, 2007 9:23 am

    Sandra, só me resta dizer a você que, mesmo longe, estou torcendo para que tudo dê certo e que seu pai encontre a paz que tanto merece, ainda que doentinho. Beijocas

  4. Jacque on January 8, 2007 12:13 pm

    Passando aqui pra deixar meu beijo e desejar que tudo saia bem.
    Beijos.

  5. Juliano on January 8, 2007 7:34 pm

    Um dos mais belos textos bíblicos.

    ~*~

    Que a normalidade se restabeleça em breve, San.

    Um beijo.

  6. Dourado on January 8, 2007 9:05 pm

    San, já ouvi falar neste livro. Um belo livro. Já li alguns trechos dele. Não sei pq o antigo me traz a impressão de ter mais poesia apesar de os castigos, as pestes, os testes etc. serem mais fortes, mais violentos. E o novo q traz uma mensagem de mais tolerância não consegue ter o vigor do primeiro. Jesus Cristo sabia das coisas. Mas amigos meus q são ligados intimamente com igrejas defendem Paulo com tanta força e afirmam admirar mais o apóstolo. Esse texto é dele, não? Era um sujeito de muita força de espírito, muito determinado, não se deixava levar pelas quedas. A igreja precisa de mais caras parecidos com ele.
    Beijos, San. E força!

  7. Anna on January 9, 2007 7:16 am

    San,
    Força e fé, amiga! Estou aqui rezando por vcs!
    Abraço forte e um beijo.

  8. Carlos on January 9, 2007 10:17 pm

    Momentos assim são mesmo muito difíceis e não há palavras suficientes para amenizar, mas se precisar de algo que eu possa fazer para ajudar, é só falar. bjs…

  9. Milton Ribeiro on January 10, 2007 10:25 am

    Não sei o que está acontecendo com teu pai mas imagino. Tenho estado tão ocupado e preocupado com meus problemas profissionais que estou meio por fora de tudo.

    Por outro lado, meu pai nos deixou de uma forma tão inesperada e brusca que tenho autêntica dificuldade de entrar no assunto “pai”. Tenho a impressão de que, mesmo ele tendo vivido até meus 36 anos, faltou tudo, entende? Sobretudo faltou falar da importância avassaladora e benfazeja que ele teve sobre mim, faltou dizer o quanto eu o amava. Mas ele era tão ativo, vivaz e divertido que poderia ficar para depois, isso se um ataque cardíaco fulminante não o tivesse levado uma hora depois de ele comentar tranqüilamente comigo, pelo telefone, uns CDs que tinha comprado e que desejava me mostrar.

    A vida, às vezes, é uma merda.

    Força, San, e um beijo. Qualquer coisa, prenda o grito.

  10. Nayara on March 19, 2008 12:32 pm

    Muito obrigada, vc me ajudou em trabalho de escola, e são muito lindas……..beijus

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney