Voltando…

… Ao meu mundinho lindo! As coisas ainda estão se ajeitando, mas consegui, hoje, escrever um pouco. Isso me alivia bastante, mesmo que eu comece algum texto, salve sem terminar e o mesmo caia no esquecimento. O importante é não deixar de escrever. Qualquer coisa. Mesmo que eu não publique. E o verbo publicar me lembra…


Material Escolar

Grande começo de noite de domingo! Encapando livros, etiquetando réguas, lápis, canetas. O que me faz lembrar a conta apresentada na papelaria: R$ 369,35. Como é que a gente pode manter os filhos na escola com uma conta dessas? Tá, eu sei. Meu filho freqüenta escola particular, mas o que dizer do preço dos livros?!?!? Como podem custar R$40,00, R$ 50,00, R$ 60,00?? Como podem querer que as crianças tenham educação com livros tão caros assim? Já avisei o Léo: se tirar nota baixa ele engole o livro. Sem mastigar!!! E falando em mastigar lembrei-me do…


Passeio de Domingo

Juntei minha pequena (minha mãe), o Léo e pegamos a estrada. Fomos almoçar fora. Passamos numa feira de artesanato e voltamos para casa. Foi bom para todos. Almoçamos em um restaurante fora do circuito que freqüentávamos “antes” para que lembranças não nos assaltassem. Mas ficamos aguadas por um verdadeiro sorvete de milho. Da próxima vez vou para os lados de Sorocaba, pela Castello Branco, e parar, na volta, no Rancho da Pamonha. Hhhuuumm…


Agradecendo

Mais uma vez agradeço todas as pessoas que comentaram, ligaram, mandaram e-mails, postaram, compareceram, apareceram, oraram.
As vibrações, a energia, o carinho… Tudo isso chegou até nós. Toda essa força chegou, de vários pontos e uniram-se à nós, nesses dias de luta.
Quero contar, em poucas palavras, que o desencarne do meu pai, apesar dos dois últimos dias terem sido de dores para ele, foi muito lindo! Eu fui visitá-lo, na quarta à noite. Ele me viu entrar no quarto, esboçou um sorriso, mesmo parecendo alheio a tudo e respirando com muita dificuldade. Acariciei seu cabelo, beijei seu rosto e agradeci o pai que ele foi, para mim e, principalmente, para o Léo. Sentei-me e, mãos sobre ele, foi-me intuída uma oração em voz alta. Logo depois, com a mão entre as minhas, ele foi embora.
E, depois de tudo isso, chegamos a uma simples conclusão: não basta suprirmos alguém de roupa ou alimento. É preciso que o supramos de amor, de carinho e atenção. É preciso entregar o coração às pessoas, mesmo sem retribuição.
Ame. Sem cobranças, sem esperar retorno. Só ame.


Autoria:
Sandra Pontes


®
TEXTO REGISTRADO NA BIBLIOTECA NACIONAL. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Sunday, January 21st, 2007 at 10:15 pm and is filed under Mosaico. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

9 Corajosos!!!


  1. aninha-pontes on January 22, 2007 6:10 am

    Na falta de palavras que possam te ajudar, sinta apenas nosso carinho.
    Beijos

  2. Yvonne on January 22, 2007 6:13 am

    Sandra, foi uma agradável surpresa ler este post. Pensei em ligar para você, mas deixei a idéia de lado. Quando estou sofrendo muito, prefiro ficar isolada e a sua dor com certeza é grande demais. Eu penso em você todos os dias. Fico feliz ao saber que voltou a ter gosto para escrever. Já leu o Dourado? Amanhã, caso consiga, vou postar sobre o meu pai. Gostei da idéia do Dourado. O texto é velho e você já conhece, mas é uma maneira de mostrar a você o quanto foi abençoada por ter tido um paizão desse. Não sei se farei isso, mas estou bem tentada. Beijocas carinhosas

  3. D. Afonso XX o Chato on January 22, 2007 8:30 am

    E a vida segue, com seus preços exorbitantes. Um absurdo isso. Qualquer revista pornográfica custa dez vezes menos… bjs

  4. Anna on January 22, 2007 8:49 am

    Muito bom tê-la de votla, querida!
    Há muito ouvimos essa receita de felicidade… AMAR, sem esperar retorno. Mas por que será que nós somos tão teimosos e não praticamos isso rotineiramente?
    Vou colocar um lembrete diário na agenda do celular… para evitar de “deixar de lembrar” da delícia em degustar dessa receita.

    Beijo grande, muito grande!

  5. Clodoaldo on January 22, 2007 11:52 am

    Sandra “Fortaleza” Pontes!

    Welcome back!

    Me emocionou sua descrição sobre a passagem de seu papis para o plano espiritual. Muito lindo mesmo!

  6. Edu e Mau on January 22, 2007 6:02 pm

    Lindo, Sandrinha…

  7. Dourado on January 22, 2007 8:58 pm

    San, volta às aulas me faz lembrar q tenho q estudar esse ano.
    Beijos.

  8. Iraldo on January 23, 2007 10:50 pm

    Sinto muito, Sandra.

  9. marconi leal on January 30, 2007 1:43 am

    Diga ao companheiro Léo que eu estou com ele nessa batalha. Pode contar comigo. Se for para comer os livros, levo azeite e sal.

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney