Ana Rosa, irmã de Ana Virgínia e autora da petição, gentilmente respondeu as perguntas que Luma fez no post anterior que, acredito, já passaram pela cabeça de muitas pessoas.

Como foi autorizada a vinda do corpo de Leonardo para o Brasil, sendo enterrado aqui sem laudo?
R: Foi expedida uma autorização de sepultamento com causa mortis desconhecida e perícia ainda não concluída. O Consulado autorizou o traslado, sendo uma de suas funções.

Ele foi enterrado sem atestado de óbito?
R: Sim, a autorização citada acima substitui o atestado de óbito, nestes casos em que o documento não tem previsão de ser emitido.

A Justiça brasileira poderá pedir exumação para comparação de laudos?
R: Sem dúvida que sim, porém não sei se será eficaz, visto que o corpinho dele foi embalsamado e este processo requer a retirada das vísceras para evitar odores durante o transporte por apodrecimento das mesmas. O correto será se fazer outro exame com o material colhido e que se encontra em Portugal.

Se Ana Virgínia está presa apenas para averiguação quem fez a denúncia contra ela?
R: Não se sabe, apenas hipóteses. Só sei o que saiu na imprensa local, depoimentos de vizinhos, etc.

Porque Nuno ainda não foi chamado para prestar depoimento?
R: Em Portugal, todo processo penal é composto de 3 fases: investigação, denúncia e julgamento, é nesta última fase que as testemunhas são chamadas a depor. O processo dela está na primeira fase ainda, na investigação policial e que não comtempla depoimentos. A legislação portuguesa é um pouco diferente da nossa.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Tuesday, October 9th, 2007 at 10:41 pm and is filed under Denúncia. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

5 Corajosos!!!


  1. Jacque on October 9, 2007 10:59 pm

    San, eu já sabia desse caso. Fui lá e assinei (n.82) a petição. De qualquer forma, se for confirmada a suspeita de confissão sob métodos pouco convencionais, acho que ela não merece permanecer em Portugal longe dos demais familiares e sem acompanhamento adequado.
    Beijos.

  2. Luma on October 9, 2007 11:53 pm

    Se ela está presa para investigação, então não houve denúncia ainda, pelo que entendi. Neste caso, a família não deveria entrar com habeas corpus ou mesmo pedir que a justiça portuguesa mantenha o caso em segredo, proibindo a imprensa local veicular?
    Peço que olhem essa postagem:

    http://corpo12.blogspot.com/2007/10/consulado-em-lisboa-se-omite.html

    Diante desta declaração do consulado, os jornais não deveriam ser punidos?

    Beijus,
    Luma

  3. Kith on October 10, 2007 10:46 am

    Só tenho um comentário a fazer sobre tudo isso:
    A (in)justiça seja portuguesa, brasileira ou chinesa é um câncrio social!
    Terrível.

  4. Juliano on October 10, 2007 8:34 pm

    Sandra, esse caso é muito estranho. Há muita injustiça, muita desinformação, muita especulação e, creio, muita gente sofrendo. Terrível isso.

    Um abraço.

  5. Rosa on October 10, 2007 10:28 pm

    Sandra

    Linkei este teu post no meu blog, através da Luci, do Hippos, espero que não te importes.
    Obrigada.
    Abrs.

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney