Três plágios.

Três pessoas trabalhando juntas.

Seis mãos em busca de um pouco de ética.

Junte-se a nós na campanha contra o plágio! Clique no banner, acesse a página e cole um dos selos em seu blog.





Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Thursday, April 26th, 2007 at 10:48 pm and is filed under Denúncia. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

15 Corajosos!!!


  1. D. Afonso XX o Chato on April 26, 2007 11:41 pm

    Já está lá, fixo e também no post. bjs

    Trabalho bonito, não???
    Beijos, lindo!

  2. Patrícia Köhler on April 27, 2007 10:26 am

    Parabéns a vocês pela iniciativa.
    Eu cliquei no banner e vi que ele está disponível em três tamanhos. Em respeito à lei do Kassab – vai que ela chega à Internet, este cara parece mei xarope -, vou tentar colocar o menorzinho no Cintaliga. rs

    ;-)

  3. Dourado on April 27, 2007 8:45 pm

    San, só depois q copiei e colei é q vi seu recado pra trocar as aspas (elas estão em itálico, é só colocá-las normal.
    Aí eu fui na sua pasta de uploads e peguei um banner de 3K.
    Beijos.

  4. alexandre pinheiro on April 28, 2007 3:26 am

    ok,ok …..
    vc está certíssima, mas eu vou discordar.
    não que seja certo plagiar, não estou querendo dizer isso. mas eu baixo musica da internet … não sei se vc está me entendendo, oras.
    sou um criminoso … não é?
    tem um antiga máxima que reza: nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.
    não que vc deva ou aceite ser copiada. uma vez mais não é isso?
    mas .. de onde vc tira suas idéias, ou eu as minhas e etc?
    podemos não \\\”copiar\\\”, mas tiramos inspiração, motes, seja o que for, dos outros, do meio … do gato, da mosca .. sei lá.
    de quem vc já leu, viu, assistiu, ouviu ….
    não .. copiar não é certo.
    mas .. se fossemos somente nós no mundo ein?
    não se deixe esmorecer …
    apenas queria dizer …
    vc está certisssimasim .. e eu vou discordar … não porque eu ache que é certo copiar (eu copio musica já disse … ), mas penso que vc será sim inspiração pra muitos?
    e como vc chegará a tantos?
    talvez … se alguem te \\\”copiar\\\” … acessando vc a outros antes inacessíveis ….
    sabe … penso q é algo a se pensar, sinceramente.
    mas vc está certa.
    bjo.

    Agora, Alexandre… Vamos pensar:
    Você baixa música. OK. Está errado porque não paga. Mas você se FAZ PASSAR pelo cantor? Você mostra a música baixada para todos chamando para si a autoria???
    O que estamos discutindo aqui é: PLÁGIO! Um texto, uma monografia, uma música, uma pintura que O AUTOR ORIGINAL fez e um engraçadinho copia E CHAMA PARA SI A AUTORIA!
    O problema de cópias é sério, sim, mas é PIRATARIA. Ambos começam com P mas os assuntos são completamente diferentes!

    E COPY/PASTE não é e nem nunca foi inspiração, muito menos elogio. Para mim, é atestado de INCAPACIDADE!

  5. alexandre pinheiro on April 28, 2007 4:32 pm

    está certo .. vc me convenceu.
    te convenço tbm de que uma sua divulgação (não plágio) pode tbm te favorecer?

    Alexandre…

    Lamento tanto por seu comentário.. Mas tanto!! Não preciso desse tipo de divulgação do meu trabalho. Aliás, você mesmo mantém (ou mantinha) meu link em seu blog sem que eu mesma soubesse, não é??

    Isso não é uma forma de divulgação???

    Nesses quase DOIS ANOS de blogueira, conquistei meu espaço dia-a-dia, sendo honesta, coerente, jamais atacando ou menosprezando o trabalho de qualquer blogueiro que MERECE este título.
    Consegui leitores no mundo todo sem que precisasse, de forma alguma, fazer a divulgação que você insinua aqui. E se eu sou plagiada, nada mais se deve do que ao fato de meu trabalho e meus textos serem apreciados.

    E talvez seja isso o que incomode as pessoas, não é mesmo? O fato de um poema ou texto ser copiado. E o mesmo não ser da pessoa incomodada.

    O ladrão que rouba sua carteira deve ser preso, não é?? E por que, quem entra na minha casa, rouba algo que foi feito com trabalho, paciência e amor, não pode ser punido? Ladrão é ladrão, em qualquer casta, credo, região…

    Vou te dizer uma coisa: se você me conhecesse, saberia que não faço nada aquém do que se espera de uma pessoa que despreza certos tipos de comportamento. Roubo é roubo.

    E vou defender algo que criei até o fim! Minha atitude incomoda alguém? Sinto muito… Não vou mudar meus preceitos, meu CARÁTER, minha POSTURA para agradar quem se ofende.

    Você veio aqui e comentou a sua opinião. Tenho o direito de contestar. Agora, ao vir aqui e me acusar de querer prestígio e fama, você ultrapassa todos os limites da boa vizinhança na blogosfera!

  6. alexandre pinheiro on April 28, 2007 4:33 pm

    ‘divulgação’ não autorizada

  7. Alexandre on April 28, 2007 11:05 pm

    Está ótimo Sandra! Vamos em frente…o negócio é trabalhar para ‘deletarmos’ o plágio da blogosfera.
    Abraços!

  8. alexandre pinheiro on May 2, 2007 6:49 pm

    Não …
    Não quis dizer isso …
    não quis acusar, quis por minha opinião, que é: mesmo quando somos copiados, nossa obra roda o mundo. Só isso.
    Deus me livre de querer te acusar de alguma coisa, eu ein.
    E sim, concordo com vc: plágio é crime e deve ser punido.
    Realmente acho isso.
    Não me ofendi pelo post, pelo contrário, apenas quis registra uma “impressão” pessoal que é: acredito que um artista quando é copiado, mesmo que não queira, é divulgo. “Acho” isso.
    Entendeu querida.
    Magina que eu quis ofender, ou acusar. Não, nunca jamais. Me perdoe se o fiz, ok?
    Gosto muito do que vc escreve aqui, só não comento mais por que me falta o que dizer, etc.
    E olhe só: quando digo, ainda causo confusão!
    Eu ein.
    Acho é que vou me matar ….
    Espero que tenha entendido ok?
    E claro que minha “opinião” diverge da sua .. eu já comecei discordando, mas juro, juro, que não quis ofender ou acusar.
    Nossa .. juro mesmo, e jurar até nem me atrai, pq não acredito em quem assim se expressa …
    Mas te garanto que não foi essa a intensão. A intensão foi expressar minha ‘impressão’ sobre o tema, que claro, é sei lá .. tola como vc disse.
    Ah …. eu me embanano todo ….
    Sandra, perdão por algo que vc tenha entendido, e claro que discordar faz parte (foi o que fiz não?)
    Ok?
    Perdão mesmo, do fundo do meu coração.
    Grande abraço.

  9. alexandre pinheiro on May 2, 2007 7:01 pm

    ói …
    vou fazer um post sobre isso
    com pedidos publicos de desculpas e tentando dizer oq penso
    e aderindo à campanha sim, pois ainda que dicotômico, concordo com o que vc pensa, diz, com a campanha, etc
    ok?
    nossa ..
    que capacidade a minha em irritar as pessoas … preciso seriamente me policiar.
    mais uma vez, perdão.

  10. Jorge Leandro on November 19, 2007 3:39 pm

    Prezados,
    Desde meados de 2005, mantenho um singelo website sobre tópicos relacionados à música e técnica vocal. No que se refere à técnica vocal, em particular, são escassos e superficiais os materiais encontrados no nosso idioma. Considerando o exposto, como amante da língua inglesa, propus-me o desafio de compilar e traduzir textos interessantes em Inglês sobre aqueles tópicos e publicá-los – com os devidos créditos – em meu website, visando a colaborar com pessoas igualmente ávidas de conhecimento, que se deparavam com a barreira do idioma.
    Qual não foi minha surpresa e indignação quando comprei pela internet um badalado e recém-lançado livro sobre canto, assinado por uma cantora/jornalista/radialista e uma fonoaudióloga, e constantei, dentre os tópicos que mais me interessavam “Voz de Cabeça e Falsete”, a cópia IPSIS VERBIS (palavra-por-palavra) da minha tradução, sem citação ao meu trabalho, tampouco ao trabalho do autor original, um prof de voz de uma universidade americana!!!!! Há detalhes de tradução que comprovam a cópia, como a substituição que fiz de alguns termos técnicos, por sua definição segundo uma enciclopédia de física. Ela copiou tudo, até as aspas, assinando como se fosse de autoria dela.
    Indignado, passei para outro tópico de interesse geral, o “Belting”, um capítulo assinado por um Otorrinolaringologista convidado, em que constatei imediatamente uma tradução desconexa e mal feita. Pesquisei na rede e descobri que este capítulo também é uma cópia sem citação/referência à fonte original.
    Gostaria de saber se esse caso se caracteriza com plágio, se cabe algum tipo de ação legal, e se pode haver conseqüência negativa para mim, caso eu crie uma página como manifesto de DENÚNCIA e REPÚDIO ao gesto desprezível desta pseudo-autora. Isto colocaria em dúvida todo o corpo da obra delas.
    Abraços

  11. Lord Phoenix on February 21, 2008 9:57 am

    Parabéns!! Tomei a liberdade de divulgar este post (com os devidos créditos e respectivos links, é claro, rsrs) em meus blogs
    http://dicasquentes.wordpress.com/2008/02/21/plagio-uma-questao-de-etica/
    http://portalfenix.blogspot.com/
    http://portalphoenix.blogspot.com/
    Ah depois da uma olhada neste blog estão “lançando” uma campanha contra o plágio. uauau
    http://carlaolima.blogspot.com/2008/02/blog-plgio-pr-lanamento-da-campanha.html

    Forte Abraço!!!

  12. Carlos Lima on February 21, 2008 10:47 am

    Olá Sandra Pontes, bom dia.
    Tomei conhecimento de seu blog através do amigo Lord Phoenix.
    É mesmo um grande absurdo o que algumas pessoas fazem, copiando matérias sem créditos aos autores originais.
    Lamento não ter conhecido o seu blog anteriormente, pois poderíamos ter combinado um trabalho em conjunto.
    Sou novato na blogosfera e lancei um blog em dez/2007 e logo percebi a questão do plágio e não me conformei. Depois que li alguns blogs reclamando do assunto, decidi criar uma campanha para combater a prática do plágio e ainda não tem muitos adeptos mas acredito que muitos blogueiros ainda farão sua declaração formal.
    Gostaria de declarar aqui o meu total e incondicional apoio à sua iniciativa e convidá-la a também se unir aos blogueiros, pois você fez uma matéria muito bem elaborada.
    Conte comigo para qualquer tipo de atitude que vise a redução da prática do plágio.
    Abraço amigo.
    Carlos Lima, Leia-me.

  13. Inexistent Man on February 26, 2008 12:03 pm

    Plagiando a campanha da moça, Carlos???????????? Agora ficou MUITO feio, hein?

  14. Jaqueline Amorim on February 26, 2008 10:48 pm

    Boa Noite Sandra!

    Gostei muito do seu artigo “Plágio. Uma questão de ética”. Muito bem elaborado! Estou aderindo ao seu selo e fiz uma citação acerca deste artigo em meu blog, bem como, postei neste mesmo texto o selo disponível aqui.
    Obrigada e parabéns pela iniciativa!

    Jaqueline Amorim

  15. Ronaldo Costa on February 27, 2008 8:59 pm

    Boa noite, Sandra!

    Eu entendo que você deve estar muito insatisfeita com tudo o que ocorreu em relação à campanha, mas gostaria que soubesse que estou apoiando a sua por convicção do mérito dela. Mesmo assim, mantive meu apoio à campanha criada pelo Leia-me. Fiz assim por acreditar que as duas idéias têm a mesma finalidade e merecem apoio. Gostaria sinceramente de saber sua opinião a respeito. Você tem o meu e-mail, por favor responda. Não estou pedindo visitas nem comentários, apenas queria saber se concorda com a minha atitude.

    Um grande abraço

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney