ataques.JPG

Fotos:
The Denver Channel
Emedicine
CorreioWeb

Nós temos, em casa, uma Lhasa Apso. Fará 3 anos em novembro. Tem uns 50 cm e pesa 7 Kg. E o que tem de tamanho, o dobro ou triplo tem de amorosidade e carinho. Jamais vi cachorro mais “pato” ou pacato como ela. Adora se jogar nas pernas de estranhos, buscando carinho e bagunça. Apesar da “fama” e origem dos Lhasas, que protegiam os monges budistas, essa aqui já está mais para o espírito brasileiro! Já latiu? Já… Foram 2 sustos até hoje, quando ouviu barulho estranho no hall do apartamento. Apesar de latir, não saiu um segundo de perto. Só quando fui ver – pelo olho mágico na porta – ela me acompanhou tipo: “vai lá ver porque é que eu lati. Se precisar estou do seu lado!”. Para terem uma idéia, meu pai nunca suportou cachorro. Uma vez o flagrei com a Rebecca no colo, igual bebê!
Minha irmã, por falta de um, tem quatro em casa. Três pooldles. A primeira veio de presente. Os outros dois, abandonados na rua. O mais novo é lindo! Grande, caramelo, olhos castanhos claros, adora brincar. A nova aquisição é uma pequena labradora branca, com uns 60 quilos. Assusta no tamanho. Encanta na bagunça, alegria e mansidão.
Já tive uma beagle que era o terror para destruir o quintal! E um SRD (Sem Raça Definida) que, de pé, era maior que eu! Um tonto que me derrubou trocentas vezes no chão só para brincar! O Léo fazia cavalinho no Igor e ele, lá, agüentando, quietinho. Enquanto eu fazia o almoço, ele sentava-se na porta da cozinha para conversarmos… Quantas vezes fui tomar banho uma, duas da manhã, toda cheia de lama, de tanto brincar com eles???
Adoro cachorro! Gosto de sentir o pêlo quando abraço, dar banho e sair mais molhada que eles, levar “mordidas”, arranhões no meio da brincadeira.
Agora, o que anda acontecendo, é inadmissível. Uma raça, criada para matar, solta! Uma raça, que, por lei, deveria usar focinheira, livre! Uma raça que, por lei, deveria ficar presa, atacando! Exagero??? Vamos ver as notícias:

- Correio do Brasil – 13/8/2007 19:31:39
Menina de quatro anos morre após ataque de pit bulls

Uma criança de quatro anos morreu, na madrugada desta segunda-feira, depois de ser atacada por dois cães da raça pit Bull no domingo no bairro de Mato Dentro, em Ubatuba (litoral de São Paulo), no domingo.

- G1 – Globo Notícias – 07/08/2007 – 18h06 – Atualizado em 07/08/2007 – 18h07
Pedreiro corre risco de perder braço após ataque de pit bull

Animal se soltou e atacou dois pedreiros em Franca.
Outro pedreiro ficou ferido nas duas pernas e em um dos braços.

- TVI – Portugal – 2007-07-21 12:02

Duas crianças atacadas por «pit bull»
O cão pertencia ao irmão de uma das crianças e há quem diga que o cão já tinha mordido outros familiares.

- Diário da Manhã – Goiânia – 13/08/2007

Garoto de sete anos é atacado por pit bull em Aparecida
Garoto de 7 anos foi atacado por um cão da raça pit bull na manhã desta segunda-feira (30), em Aparecida de Goiânia. Ele foi salvo por moradores da residência onde fica o animal, mas ficou com o rosto bastante ferido.

- G1 – Globo Notícias – 23/07/2007 – 17h15 – Atualizado em 23/07/2007 – 17h41

Pit bull ataca morador e é morto em Limeira
Animal atacou, junto com outro cão de raça não definida, morador de residencial.
Os policiais acabaram matando os animais a tiros.

- Cosmo On Line – Julho/2007

Um homem de 56 anos e seu cachorro foram atacados por cães da raça pit bull, na tarde desta quinta-feira, no bairro Chácaras Cruzeiro, na região Oeste de Campinas. Segundo informações iniciais de policiais militares acionados para o local, eram três cães da raça pit bull que partiram para cima de Adilson Pascoal Reis e de seu cachorro na Rua Rosina Giardi.
Ele foi amparado por pessoas que residem nas imediações da rua e levado por equipe da Unidade de Resgate (UR) do Corpo de Bombeiros. Reis foi internado no Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas. Uma mulher, dona dos pit bulls, deve prestar depoimento na delegacia sobre o fato.
Na manhã de ontem, um pit bull macho foi morto com dois tiros disparado por policial militar. O animal atacava pessoas na Rua Osvaldo Antônio Bossoni, no Jardim Carlos Lourenço, região Sudeste de Campinas, sendo que os policiais foram acionados para a rua onde ocorriam os ataques. Uma fêmea da mesma raça foi cercada e agarrada pelos PMs.

- Jornal da Manhã – 03/08/2007

Pinscher é morto ao salvar mulher e bebê de ataque de cadela pit bull
Cadela da raça pit bull precisou ser executada pela polícia no bairro Gameleiras 1. O fato aconteceu quarta-feira à tarde, quando moradora da rua Paranavaí levaram grande susto.
A dona-de-casa Vivian da Silva Frois Melo, 21 anos, contou que a cadela pulou o muro de sua residência, onde dava banho em dois cães de sua propriedade, um pit bull e uma pequena pinscher. A moradora estava acompanhada do filho, um bebê de apenas um ano.
Quando a cadela estava se aproximando para atacar Vivian, a pinscher começou a latir, desviando a atenção da pit bull. Foi o tempo necessário para que a dona-de-casa pegasse a criança no carrinho e corresse para dentro de casa, onde se trancou, e ligou para a Polícia Militar.
A cadela pit bull atacou e matou a pinscher antes da chegada da PM. Os policiais tentaram dominar o animal, sem sucesso, e quando a mesma já atacava o pit bull macho pertencente à vítima, o tenente Renato decidiu sacrificá-lo.
Segundo Vivian, a proprietária da cadela tentou chamá-la, mas não foi obedecida pelo animal, que se encontrava muito raivoso. Posteriormente, a PM identificou o vigilante Alécio Oliveira Souza, 27 anos, como dono da pit bull.
Consta no boletim de ocorrência que outra moradora do bairro disse aos policiais já ter ligado várias vezes para o Centro de Controle de Zoonoses por causa do mesmo animal, mas ninguém apareceu para tentar resolver o problema. No fim da tarde, os militares conseguiram fazer contato com o Centro, e funcionários recolheram os animais mortos.
Ainda assustada com o que aconteceu, Vivian contou que tem um pit bull há cerca de quatro anos e nunca teve qualquer problema com ele. Mas, depois do que aconteceu e pensando no bem-estar do filho, a dona-de-casa pretende se desfazer do animal, assim que ele se recuperar dos ferimentos causados pela cadela.
Segundo Vivian, o que aconteceu serve de lição para todos os proprietários desta raça de cachorro, os quais devem ser mantidos presos.

- G1 – Globo Notícias – 17/07/2007 – 16h46

Idoso é atacado por pit bull em Florianópolis
Homem de 75 anos sofreu ferimentos na barriga e foi levado ao hospital.
É o quarto caso de ataque em Santa Catarina nesta semana.

- TV Cidade – 24/07/2007

Cadela poodle salva criança das garras de um pit bull
Mesmo com a lei municipal 2.688, em vigor desde 1999, os cães da raça pit bull continuam passeando livremente e atacando pessoas pelas ruas de Aracaju. No último dia 14, um garoto de dez anos foi vítima desse animal, no conjunto Eduardo Gomes. O garoto foi mordido no abdômen e no braço e, segundo sua mãe, a dona de casa Maria Aparecida Alves Ferreira, ele só não sofreu maiores ferimentos porque foi salvo pela cadela Lana, da raça poodle. “Esses ataques têm que acabar. É só isso que eu quero. Se não fosse a cachorrinha que a minha vizinha cria, que agora está toda ferida, cheia de mordidas, meu menino poderia estar morto”, reclamou a dona de casa. As estatísticas do pronto atendimento (PA) do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) são provas de que esses animais com histórico de violência agem livremente. Os dados apontam que de janeiro até o dia de ontem, 154 pessoas foram vítimas desses ataques.

Onde está sendo aplicada a lei que esta raça deve estar sempre – S.E.M.P.R.E. – com a focinheira? Fora e dentro de casa? Onde???
Até quando crianças e idosos ficarão deficientes físicos por lacerações nos membros, com braços arrancados ou mortos com cabeças esfaceladas pelas mordidas? Até quando será permitida a criação dessa raça?

Para quem discorda:

1) Direito seu. Meu cão não vai assassinar alguém. Dormirei com a consciência leve.

2) Você, que vai defender a raça, defenderia um ser humano que mata após um assalto? Os dois, animal e “animal”, estão na mesma situação. Ambos assassinos.

3) Os ataques aqui listados ocorreram em menos de um mês. Muitos, não acham, para uma única raça???

4) Você deixaria seus filhos, mãe ou amigos perto de um pit bull ou de um assassino? Eu não!


Autoria:
Sandra Pontes


®
TEXTO REGISTRADO. PROIBIDA REPRODUÇÃO SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO. SUJEITO ÀS PENALIDADES PREVISTAS NA LEI 9.610/98 DE DIREITOS AUTORAIS.
PLÁGIO É CRIME! E OS TEXTOS CONSTANTES NA INTERNET POSSUEM UM AUTOR. PENSE NISSO ANTES DE USAR O COPIAR/COLAR.



Posts Recentes:


Comments


This entry was posted on Monday, August 13th, 2007 at 9:24 pm and is filed under Minha Opinião (ou Minhas "Achices"). You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

33 Corajosos!!!


  1. Erika on August 13, 2007 9:54 pm

    Meu tio tem uma pastora alemã.. sábado teve festa na casa dele… todos os sobrinhos com seus filhos lá… gente que ela nunca tinha visto, digamos assim.. e ela correu, brincou… não latiu uma só vez a uma criança sequer.

    Todo dia agora é notícia de um pit-bull que mata.. é triste demais… e ainda tem gente que defende… igual em gente que defende pivete, porque é “de menor”… me poupe, né?

    Tem mais é que matar. Tá.. o cachorro, só.. ok.

    Beijo

  2. marilia on August 14, 2007 12:33 am

    Sandra, vc já deve ter lido meu blog, e sabe que eu não gosto de cachorros. tenho pãnico. verdade.
    de qualquer um.
    essas noticias,me deixam desesperadas… fundaria uma ong AGORA se eu tivesse tempo só para acabar com esses bichos..
    é um horro…é deixar um assassino sendo criado…cada filhote é um matador em crescimento.
    terrivel isso…
    eu realmente concordo com vc, em genero, numero e grau!
    um abraço

  3. Jacque on August 14, 2007 3:13 am

    Não gosto de Pit Bulls e nada do que me digam para provar que eles podem ser dóceis, e que as agressões dependem dos criadores (ou donos) – não mudam a minha opinião. No Pronto Socorro daqui de BH tratei de várias vítimas dessa raça – crianças e adultos, mas a grande maioria crianças. E eu ficava impressionada com o estrago que fazem; dilaceram; e pegam pra matar mesmo. Por mim, essa raça estaria proibida no país, com castração daqueles que já existem, e os donos deveriam ser obrigados a registrar o cão e ainda pagar uma taxa do tipo seguro obrigatório anualmente; e bem alta por sinal; tipo IPVA (se algum político ler esse comentário é bem provável que vá gostar dessa idéia, :lol: ).
    Se vc acha que as fotos impressionam, precisa ver ao vivo! Aff!
    Beijos.

  4. Anderson on August 14, 2007 10:41 am

    Respostas:

    1- Seu cão não vai assassinar ninguém pelo carinho que dado a ele, qualidade de criação, o amor existente no ambiente.

    2-Não vou defender a raça como não defenderia nenhuma raça que matasse alguém.

    3-São muitos para uma única raça. Mas acredito que essa situação foi politizada… tempos atrás acontecia o mesmo com a raça Doberman.

    4-Não, não deixaria meus filhos próximos a assassinos, mas de cães bem cuidados sim, apesar do meu medo de cães.

    O que quero dizer e não convencer é exatamente que essa raça é por natureza destinada a matar, como um pastor alemão, um Rottweiler, e assim por diante e, se mal tratado até um pincher pode causar problemas. Acredito sim na teoria dos donos. Conheci centros de treinamentos especializados em pitt bulls, algo que me fez mudar sobre os cães.

    abraço.

  5. Kith on August 14, 2007 11:01 am

    Hoje saiu mais um no jornal. Um cão pit bull matou uma garotinha, que havia entrado na casa a convite de sua dona.
    Por aqui tenho uns 5 ou 6 cães dessa raça como vizinhos e morro de medo deles. Os donos costumam levá-los para passear como se fossem cachorrinhos pequenos, alguns acompanhados de crianças, que não têm forças para segurar o bicho.
    Eu tenho uma cocker, muito linda e meiga. Já tive um lhassa, antes da Bia.
    Beijos

  6. Pinheiro on August 14, 2007 12:02 pm

    i love my border

  7. Juju on August 14, 2007 5:41 pm

    eu concordo com vc, que deveria haver uma lei efetiva sobre isso, e pra que ela funcione, infelizmente vai ter que doer no bolso, pra valer, dos donos desses bichos….
    eu gosto de todos os cachorros e acredito que se eles forem bem cuidados, treinados e talz, as chances sao bem menores deles serem violentos e chegarem ao ponto de atacar alguem, conheço cachorros de todas as raças, e muitos que sao considerados violentos, que sao dóceis e mansos…. nao dá pra generalizar…. (eu mesma tenho uma pitbull, que foi abandonada em casa e que é o ser mais manso, gentil, dócil e medroso que eu conheço). Sim, pitbulls sao caes fortes, e que tem uma capacidade de serem muito violentos, devem ser castrados e a raça deve ser criada de forma totalmente restrita, mas nao acho legal ser radical e simplesmente aniquilar com todos, que nao tem culpa da ignorancia de seus donos e muitos criadores que misturam a raça….

  8. vanda on August 27, 2007 9:58 am

    Meu vizinho tem um pit bul, este deve ter uns 4 meses, a uns dias atras ele avançou no colo de uma pessoa da casa que estava com um nenen de 5 meses (sobrinha do dono do cach.) no colo e tirou-lhe o sapatinho… imagine o que esse cachorro nao vai fazer quando estiver adulto, eu ja aconselhei a familia a se desfazer dele, mas o dono diz que ele é manso…pode!!! depois lhe conto o final dessa historia………………

  9. Gabi on September 22, 2007 2:26 pm

    Olá!!
    Pois é, sempre tive receio de criar pit bull, pelo alvoroço que a mídia faz, colocando o homem contra o animal! Até que, tive o GRANDE prazer de criar esse incrível animalzinho que o HOMEM insiste em chamar de montro!!
    Mas quem é o verdadeiro monstro da história??? O cãozinho que naum tem culpa de viver ao lado de seres humanos irresponsáveis, ou os esses seres “racionais” que batem, maltratam e obrigam o pobres cãezinhos a se tornarem máquinas de matar???
    Nós seres “racionais” adoramos enfatizar que esses animais são montros, mas quem os criou???? Quem os fez montros??
    Os animais são espelhos do dono, sempre foram e sempre vão ser!! Acho muita hipocrisia querer colocar a culpa toda nos animaizinhos!

    O HOMEM é o único animal que mata por prazer e por dinheiro, e o único a treinar filhotes de outros animais para matarem por ele!!

    “Não posso falar, não posso me defender, mas sou INOCENTE!” ass.: Pit Bull

    Obrigada pelo espaço!!

    A réplica, Gabi:

    “18/09/2007 – 14h32
    Pit bull fere crianças em escola de Itu, no interior de São Paulo
    Publicidade

    da Folha Online

    Três crianças ficaram feridas depois de serem atacadas por um cão da raça pit bull quando brincavam na escola em Itu (103 km a noroeste de São Paulo).

    O delegado que investiga o caso, José Moreira Barbosa, diz que o cão estava brincando e que feriu as crianças porque, embora seja filhote, é maior do que elas. As três crianças passam bem. ”

    É culpa de quem “cria” ou falha genética da raça, diversas vezes misturada???

    Esse cachorro foi gerado para matar. Não acredito em pit bull mansinho X dono raivoso. Acredito numa raça que deve ser exterminada.
    Já temos tantos animais em extinção… Por que não defender baleias, tartarugas, pandas ou outros animais que não matam seres humanos??? Eles não merecem defesa?? Só porque não estraçalham pessoas?

  10. Gabi on September 23, 2007 11:32 pm

    Pra mim, TODOS os animais merecem defesa, naum só os pit bulls!!
    Sou a favor do extermínio SIM! O extermínio da pior raça que DEUS pôde criar! O extermínio da RAÇA HUMANA!!

    Gabi, não vou discutir, ainda mais porque não posso fazer nada contra isso. Só tentar me defender mudando de calçada, ao ver um pit bull solto.

    Só espero, sinceramente, que isso nunca aconteça com meu filho, minha mãe ou qualquer outra pessoa que eu amo. Podem sem da raça humana e, como você diz, serem EXTERMINADOS, mas não o serão por um cachorro, se depender de mim.

  11. Eduardo on October 7, 2007 6:51 am

    Tem muito mais passoas morrendo por culpa de nossos politicos irresponsaveis que desviam dinheiro publico da saude, educação e outros e a população não se organiza para combater isso.
    Concordo com a preocupação com relação aos ataques de cães, mais uma lei mais severa aos donos, como o enquadramento dono como crime doloso aos ataques praticados pelos seus animais já teria um resultado melhor.

    Tudo se resolve responsabilizado e punindo os verdadeiros culpados, infezlimente os animais nestes casos são os menos responsaveis.

  12. Rodrigo on October 10, 2007 5:41 pm

    Crio a mais de 10 anos a raça Pit bull e nunca, nunca tive um acidente ou ataque ou qualquer coisa. Existe bons criadores e maus criadores, as pessoas tem q achar um culpado para tudo mal sabe as pessoas que malham a raça q estatisticamente os dois cães que mais mordem no mundo são labrador e Cocker, nada contra nenhuma dessas raças, mas esse tipo de informação esse povinho fraco de ideia não divulga…
    Sou dono de 11 pit bulls, ando conforme a lei do municipio, mas a lei serve para todos, todo cão de medio a grande porte deve andar de focinhera, pq ninguem cobra isso??? Sou a favor do Chip de identificação, só assim vamos pegar esses irresponsáveis que educam mal seu cão e se escondem…

  13. Sandra Pontes on October 15, 2007 6:36 pm

    Como eu disse aí em cima, reservo-me o direito de editar, ignorar, responder ou deletar qualquer comentário que julgar impróprio, irrelevante ou sem um pingo de educação. Foi exatamente o último caso que me fez deletar o comentário pouco educado do Sr. Sérgio – IP 201.6.162.236 – SP/SP, assinante da NET Virtua.

    Discordar é direito de qualquer um aqui. Mas falta de educação, na minha “casa”, não!

  14. Alcino Pascoal Reis on November 16, 2007 6:52 pm

    Meu irmão andava pela rua acompanhado de uma cadela muito mansa. Quando passaram em frente da casa onde tinha um casal de pit bulls adultos e também do filhote deste mesmo casal, deve ter provocado instintivamente o interesse do macho pai, e provavelmente também do filhote e consequentemente o ciume da mãe. Os tres começaram a pular no portão de ferro vindo a derruba-lo, e partiram para cima da cadela. Meu irmão tentou defender seu animal, e o ataque virou dos dois machos contra ele. Enquanto isto a mãe partiu para cima da cadela, a qual lutou primeiramente contra a femea e também depois até contra os machos, pois já tinham deixado meu irmão com braço, cabeça, costas vertendo sangue. Os tres pit bulls acabaram matando a cadela, que lutou bravamente por muito tempo até não aguentar mais, pois foi praticamente destroçada pelos tres. Neste caso houve um interesse e ciume envolvendo estes quatro animais. Nos outros casos que vejo todos os dias, geralmente envolvem crianças, e um grande ciume por parte destes animais. Não sabemos se trata de ciume que sente em relação a algum adulto, a dona, ou simplesmente à criança. Meu irmão estava no momento do acidente com uma corrente grossa na mão, e mesmo batendo contra os animais eles pareciam não sentir nada, ou seja, agiam como feras, sem medo, e com odio muito grande. Enfim trata-se de um animal ciumento, forte a ponto de até derrubar portões, e sem medo. Com um perfil destes realmente não sobra muita coisa a falar em favor desta raça de animal. Vemos alguns que foram mansos e bons por muitos anos, obedientes, e de repente causam tragédias. Neste pais onde não existe Lei para exigir ou cobrar nada, temos que rezar para não sermos escolhidos em uma rua por um cão destes

    Sim, Alcino… Só nos resta rezar. Muito triste isso. A insegurança, a inaplicabilidade de leis. Se já ficávamos presos dentro de casa por causa de bandidos, agora ficamos também por causa de cachorros, ou melhor, de donos irresponsáveis.

  15. Marcela on February 16, 2008 8:11 am

    Eu tive uma pit bull por 2 anos, que infelizmente veio a falecer por motivo de doença. Nunca tive nenhum problema com a Gaya, que era como ela se chamava, alias, minha sobrinha fazia gato e sapato do pobre animal.
    Eu não defendo por que sei que a raça foi criada para rinhas e treinamentos pesados. Porém, grande parte dos problemas que tenho lido nos jornais e revistas de ataques, não sei se chegam a perceber, mas sempre tem uma casinha nas imagens com uma grade ao invés de ser aberta. Todo cachorro, até mesmo um vira-latas preso se torna uma arma de matar sobre 4 patas.
    Sendo assim, será que a culpa de toda raiva é mesmo dos animais??? Será que os animais não somos nós que ao invés de tratarmos nossos bichinhos de estimação como devem, sejam eles pit bulls ou vira-latas, tratamos como maquinas assassinas de crianças???
    Que tal pensar um pouco em de quem é a culpa!!!!!!

  16. Maria Luiza on March 4, 2008 5:14 pm

    Pode apagar, me responder, o que quiserem, mas eu acho que vocês (e qualquer um que tenha a mesma opnião) muito trouxas mesmo, vocês não acham que nós, os imprestaveis seres humanos deviamos pensar melhor antes de fazer esse tipo de coisa? como interferir tanto no meio ambiente, como nós já fizemos? e graças a nós, imprestaveis seres humanos, muitas especies de animais não existem mais!!! e daqui a pouco pelo que eu vejo, uma raça de CACHORRO, o melhor amigo do homem terá fim!!!!! vocês leem essas reportagens, mas não o que está por TRAS delas!!! caramba, vocês sabem em que condições esses animais foram tratados, pelas pessoas imbecis e inuteis que acharam que podiam criá-los, sem antes pesquisar bem e pensarem se são pessoas certas para criarem pit bulls e Hotwaillers??
    Poxa vida!!! eu só espero que esse texto enorme, sirva para alguma coisa!! vai ver em revistas de cães, eu comprei uma esses dias, e tem uma foto de uma criança deitada, abraçada a um pit bull e ele não faz nada, e a imagem tinha a seguinte legenda : VIU NO QUE DÁ, QUANDO COLOCAMOS AMOR NAQUILO QUE FAZEMOS????
    Aquela primeira noticia por exemplo, você sabe em que condição viveu o cachorro? NÃO, NÃO E NÃO!!!! o animal viveu TODA a sua vida AMARRADO!!
    Pense um pouco e por favor, me responda.

    Maria Luiza
    ps:uma lhasa apso de 50 cm? tem algo errado ai!

  17. Maria Luiza on March 4, 2008 5:20 pm

    Sandra, por favor me passe o seu email ou me mande um, para que eu possa te responder….
    eu quero falar mais coisas, mas é dificil de uma vez só….

    obrigada

  18. Maria Luiza on March 4, 2008 5:32 pm

    Marilia, vou aproveitar que estou aqui e te dizer uma coisa, eu tenho apenas 13 anos e se depender de mim, durante toda a minha vida, nem você ne NINGUEM, encostaria a mão em cachorro nenhum para machucar, eu vou ser veterinatia, e pode acreditar, se um dia você me conhecer não fale comigo. Voce tem orkut? se tiver escreva malu centin e de uma olhada no meu profile… eu tenho umas 150 comunidades, todas de animais, e uma delas se chama: Xô visita que odeia cachorro. você está inclusa ali. agora, se você quiser ajuda para perder seu medo de cachorro, e mudar de ideia ligada a essa ONG, que voce quer criar, pode contar comigo, e alias, que bom que você não tem tempo, pois eu juro, se um dia acabarem com os cachorros da terra, eu me mato (até por que a minha vida não teria mais sentido) e levo todos os seres humanos junto comigo!! e sem zueira!!! porque eu acho que deus criou nós para ajudarmos o mundo, e não acabarmos com ele! como nós estamos fazendo!! e a propósito : Os incomodados que se mudem!!!!!!!!

    As opiniões expressas aqui, Maria Luiza, são direito de cada um. Assim como eu escrevi sobre Pit Bull, as pessoas têm todo o direito de expressar sua concordância ou não. Agora, meu espaço aqui não está aberto para ofensas aos meus amigos ou leitores.

    Espero que respeite isso e guarde seus sentimentos de revolta ou aprenda a expressá-los sem ofender alguém.

  19. Maria Luiza on March 4, 2008 5:42 pm

    Uma ultima coisa, esses cães são bons por pelo menos um lado (e ninguem pode discordar) eu aposto que nenhum ladrão entraria na sua casa se tivessem aguns pitt bulls ali, ele pode ser docil, mas o ladrão não precisa saber disso…..a, e todo mundo reclama que essa raça foi feita para matar, mas quem fez a raça??? NÒS CARAMBA!!!!! essa raça é resultado de cruzamentos que NÒS FIZEMOS!!!!!
    bom acho que é só, e se voces querem saber, eu CHOREI, vendo algumas dessas pessoas que querem o fim dessa raça, principalmente a marilia, e eu chorei e não tenho vergonha disso!!! se voces estão felizes agora de ver uma Criança (ou adolescento, chamem do que quiserem) chorando, por culpa de VOCÊS?????/

  20. Maria Luiza on March 5, 2008 2:50 pm

    Peço desculpas se eu ofendi mais alguem, é que eu estava um pouco nervosa, pois os cães são a minha vida, literalmente, e é como se você ouvisse falando mal do seu filho sabe…. mas eu continuo com a minha opnião, afinal de contas, você viu o que o rodrigo disse, que ele cria essa raça a mais de dez anos e NUNCA ACONTECEU NADA!
    Eu li uma reportagem de que de todos esses ataques que aconteceram, só 10% foram de pit bull ou rotweiller, o problema é que eles são muito fortes, e se uma lhasa apso te atacar, o máximo que vai acontecer é você ficar um pouco arranhado….. Mas eu acho que nós deveriamos deixar a natureza fazer seu proprio trabalho, e deixarmos ela em paz……

    espero que voces me entendam
    Maria LUiza

  21. Thaís on March 22, 2008 3:34 am

    Primeiro -Pit Bull foi feito para rinha, ok. Mas também foi feito para que de jeito NENHUM apresentasse agressividade contra pessoas, uma das ÚNICAS raças em que se teve tal preocupação.
    Um verdadeiro Pit Bull de boa linhagem (e não esses pseudo-pitbulls que vemos por ae, resultados de cruzas indiscriminadas comprados em feiras por pessoas sem o mínimo preparo e conhecimento sobre a raça -já ouviu falar de genética?? Então já ouviu falar de desvio comportamental devido a ela-gene recessivo?) nunca atacaria ninguém! Pelo contrário, é super manso e social(inclusive com crianças e estranhos) -resultados de pesquisa realizada por um instituto internacional sobre temperamento de milhares de cães de diferentes raças, concluiu que entre 100, o Pit Bull ocupa o 96º lugar entres os cães com maior possibilidade de atacarem alguém, estando na sua frente diversas raças consideradas dóceis.

    Agora, manchetes??
    Cerca de 60% dos ataques registrados sofridos, são de SRD, e um tanto mais de 1% Pit Bulls, mas esses ataques não são mostrados pela mídia, portanto se guiar por algo que alguém cria por ser rentável, e óbvio gerador de pôlemica, não é válido.

    Se eu defenderia ou deixaria um filho meu perto de um assassino?
    Quem é o assassino, um animal ou a raça? Porque se for a raça você está generalizando, então teria que se ter em consideração toda a espécie humana, por causa que dentre nós existem seres capazes de crueldades horríveis. Está dentro do ser humano esse instinto pra matar? Muitos acreditam que sim. Mas o que estimula uma pessoa a ser um serial killer senão desvios psicológicos e/ou péssima criação?
    Qualquer raça pode sofrer disso! Já ouviu falar de Labradores doidões?? Eu já, inclusive Lhasas também, muito dos malucos, acontece que essas não são características bem vistas nessas raças, então logo alguns tomam consciência e não reproduzem estes animais, já com os Pit Bulls, tem gente que não cruza se o bicho não for reconhecidamente bravo….culpa deles ou nossa? Assassino é aquele que matou ou toda a raça? Faz favor…

    Sinceramente, largue um pouco as matérias sensacionalistas(que não dizem toda a verdade, como se era um Pit Bull mesmo-muitos criadores confundem, existem diversos cães super parecidos com este- se era puro ou mestiço -olha o desvio ai geeente!- como este foi criado -manter um cão com alta necessidade de sociabilização e exercícios preso numa corrente ou quintalzinho é maus tratos- e que só se preocupam em vender- lembre-se que existem MUITOS outros cães que atacam, porém não se tornam manchetes -Poodles matam sabia?!)

    Vá se informar melhor, em fontes confiáveis, sobre o American Pit Bull Terrier.
    ‘Todo preconceito nasce da ignorância’

    O que deveria ser feito era limitar a posse e reprodução destes animais, para que somente quem entendesse da raça, respeitasse e amasse pudesse criá-la, muitas pessoas iguais a você criam uma idéia por causa do que vêem na mídia, e muitas mudam ao conhecer um verdadeiro Pit Bull bem criado, outras saem correndo atrás de um exemplar, achando que vai ser um ‘barato’ ter o ‘cão assassino’ pra se exibir, por em rinha ou guardar o seu quintal(dá-le deixar o bichinho preso e agressivo e depois botar a culpa nele ainda). Muitos Pit Bulls são mortos ou maltratados por não serem agressivos, verdade!
    Já ouvi de um cara, que o vizinho dele da frente tinha uma Pit, o ladrão chegou e roubou uma bicicleta dentro do quintal dele e tudo o que ela fez foi pedidos de carinho…É um absurdo pedir o fim de uma raça por causa de uns e outros(não, a excessão não são os bons exemplares e sim o contrário, tem gente até que fala que esses cães foram criados em laboratório ¬¬”²³) -foi comprovado que a culpa dos ataques é dos donos, que maltratam ou negligênciam seus animais, por isso que não se proibiu a raça, quando se pensava fazer isso. Arranjam um monte de desculpa ao invés de enchergar as merdas(desculpe) que o ser humano faz com estes bichos -no caso dos Dobermann, quando ficaram famosos e todo mundo tinha um, os ataques começaram a explodir na mídia(desvio comportamental devido a cruzas indiscriminadas e criação), dae inventou-se que a caixa craniana deles era menor que seu cérebro, por isso os 5 minutos(um veterinário faz o que nessas horas, ri ou chora?!). Agora que só uns e outros o criam, parou-se com essa palhaçada, apesar de alguns ainda acreditarem nesse conto…

    Bah…

  22. Anderson on April 29, 2008 2:52 pm

    Quando criança, perto dos sete anos, quase perdi o nariz quando o BamBam, um cachorrão da raça Fila Brasileiro que tínhamos em casa me pegou enquanto brincávamos.
    Eu bricava com ele todos os dias, corríamos, jogávamos bola, disputávamos cabos de guerra, ele encontrava o que eu quisesse era muito forte e sempre atento me acompanhava em tudo, a ponto de durmirmos juntos. Sem dúvidas tratava-se de uma grande amizade… ninguém soube explicar tal comportamento.
    Me lembro das luzes do teto do hospital passando enquanto meu irmão mais velho, um tio e meu pai discutiam nervosos sobre o que deveriam fazer com aquele “monstro assassino” no quintal de casa. Naquele momento eu sabia com toda certeza que alguma coisa muito ruim e grave iria acontecer.
    Eu sentia muita dor e medo, aquele hospital frio, todo mundo me olhando, as luzes, eu meio torpe, não conseguia falar nada com um corte gigantesco no rosto e o nariz ali pendurado. Foi terrível…
    Me lembro também que em casa malharam bem o BamBam, prenderam ele de uma forma que ele não pudesse reagir e começaram a bater e bateram muito. Enquanto me levavam pro carro os homens batiam nele a pauladas.
    Lembro-me bem do olhar dele, da reação quando aconteceu, enquanto tomava as primeiras pancadas. Lembro-me muito bem…
    Eu não conseguia falar nada e mesmo que pudesse ninguém queria me ouvir, estavam todos muito assustados e preocupados comigo.
    O que ninguém sabia e eu não tinha como falar é que o BamBam veio todo felizão pra brincar comigo, como vinha sempre e que num abração empolgado bateu a boca no meu rosto. Ele não mordeu, foi um infeliz acidente, na hora ficou assustado e começou a latir chamando as pessoas da casa, todos vieram, me viram chorando, sangrando, com o cachorro meio em cima de mim, latindo… Bem, foi a última vez que vi o BamBam.
    O que sobrou disso pra mim foram algumas lições, a de que acidentes acontecem e nem sempre há culpados, que as vezes vemos injustiça que não podemos remediar, que amigos se entendem e se amam, que as pessoas que amamos podem ser terrivelmente cruéis e que a morte leva os nossos mais queridos de uma hora pra outra sem que possamos fazer nada, sem despedidas.
    Isso aconteceu comigo em 1982 na cidade de Goio-erê no Paraná. Hoje tenho três cães da raça Boxer e um BullTerrier, nunca houveram incidentes, o meu cão mais novo tem oito anos.
    É isso, fique em paz, seja feliz e tenha saúde.

  23. leilabittencourt on June 13, 2008 3:49 pm

    Achei um absordo esssa fotos
    mas na minha opinião cães desse tipo de portes devem ser ensinados,tenho 5 cães 1 deles e pitt bul quando ganhei ele era muito novo
    e meu marido ja levou para ser ensinado, hoje ele e igual um cachorro comum adora crianças e se da com todo mundo.

  24. Hugo César on June 18, 2008 5:36 pm

    Eu crio um fila brasileiro no Brasil, moro na Espanha e aqui vejo Pitbulls brincando soltos nos parques. Não atacam ninguém e tampouco atacam os demais cães dos parques. Enfim, eu acho que é a opção mais fácil culpar o cão e proibir a raça ou outras medidas centradas no animal. Ora, não existe animal programado para crueldade no universo, isso é um absurdo. O problema está nas pessoas. Nos criadores.Um pitbull é uma raça que exige muito do criador. Espaço, alimentação, liderança, carinho, estabilidade emocional… enfim… se falha um desses fatores o cão pode se transformar num animal incontrolável. A lei ideal seria a que proibisse que qualquer idiota pudesse comprar um pitbull ou outro animal de grande e criá-lo de forma desumana transformando-o numa besta selvagem e pondo em risco a vida dos outros. E que punisse severamente… e enfatizo isso… severamente… com prisão o criador por qualquer dano que o cão possa causar. Mas cá entre nós, culpar o animal não faz sentido.

  25. anonimo on July 10, 2008 8:13 am

    os rptflaiers deviam estar todos no canil..

  26. yuri on December 7, 2008 3:24 pm

    desculpa por te soltado meus cachoros

  27. Leandro on February 4, 2009 2:58 pm

    Esta raça deve ser extinta e eliminada do Brasil.
    Sou extremamente radical, se não está dando certo que seja acabado a liberação para se ter estas feras (pit diabo bull) Se a nossa sociedade vivesse com um pouco menos de status e fosse menos consumista, quem sabe não chamaria tanto atenção dos ladrões e não haveria necessidade de se ter uma “arma viva” como essas em casa, que mata até os próprios familiares.

  28. Any on November 19, 2009 9:31 pm

    Policial atira e mata cadela que estava amamentando seus dois filhotes… acertou a pata de um filhote com o tiro e o bixinho perdeu a pata.
    Aonde está a lei?
    Sim tem cachorros que mata…mas tbm tem cachorro que é amigo.
    Não acho justo animais serem mortos de graça…afinal somos todos animais e quem decide quem fica e qeum morre é Deus.
    Apenas o ser humano que mete o dedo em tudo… na fauna e entre outros.

  29. João on January 28, 2010 12:06 am

    Antes de falarem qualquer coisa da raça vão pesquisar!!!! Vejam o que ESPECIALISTAS dizem!!!! O cachorro é o espelho do dono, esses cachorros que fazem isso teêm donos que são uns verdadeiros palhaços que os criam para matar realmente esses donos sim deveriam ser exterminados!!!! Mais uma vez a natureza vai pagar pelas atitudes do HOMEM…

  30. nadya on June 1, 2010 11:31 pm

    eu tenho uma pit bull ela tem um ano e dormi comigo na cama é muito docil e nunca foi agreciva com niguem nem mesmo com brinquedos dela ela ainda é criada com três gatinhos ela é muito inteligente e obdece todos os comandos q eu ensinei pra ela ,antes de pegar para criar lí muito a respeito da raça ,acredite é uma raça muito amiga quanto qualquer cachorro q voce ria e educa com muito carinho e amor mais tambem deixando claro q vc é o alfa ok ,veja algumas fotos da minha pitquando ela era de menor rsrsrs no orkut (nadyasl@htmail.com)

  31. Bao Lavelett on June 12, 2010 9:36 am

    Excelente artículo! Aprendí mucho leyéndolo, muchas gracias. Si te interesa, yo tengo un sitio con mucha información sobre el Cabello Lacio.

  32. Débora on February 18, 2011 1:34 am

    Minha senhora, criadora desse blog, quando você disse “Você, que vai defender a raça, defenderia um ser humano que mata após um assalto? Os dois, animal e “animal”, estão na mesma situação. Ambos assassinos.” Você deveria então acabar com os humanos, porque você ta tirando a raça Pit Bull por alguns que cometeram assassinatos, porque COM TODA CERTEZA foram criados a base de tortura, até o meu pastor belga pode atacar qualquer um se for tratado mal a vida toda, acorrentado como se fossem maquinas, até a senhora ficaria agressiva vivendo nessas condições. Você citou isso sobre os humanos que matam (racionais), e ALGUNS pit bulls maltratados (Irracionais) fizeram, se é raça por raça, os humanos deveriam ser exterminados, cada um da mesma maneira que se mata um pit bull com tiros. Eu peguei um pit bull espancado a dias atrás que é MUITO manso, toma injeções e recebe remédio na boca e é incapaz de morder ou avançar, mesmo em um momento de dor! E sabe porque? Porque ele é sabe agradecer pelo que está se fazendo por ele. Agora vá em um hospital público e veja o que encontrará lá…pessoas praguejando, e bandidos feridos que matam as enfermeiras que cuidam deles…Quem são os ruins? São realmente os pit Bulls?? Ou são os seres humanos que matam por simples prazer!? As pessoas deveriam antes de criticar, elas deveriam se criticar o ver o que tem de errado com ela, qualquer preconceito, seja ele qual for, seja contra negros, indigenas ou cães dessas raças, é um preconceito, e isso é uma falha no carater de cada um, que não sabe o que falar para criticar e acabam falando coisas sem fundamentos.

    Minha opinião! Até mais

  33. quéren on April 20, 2011 2:56 pm

    Ele ataca, ataca mas é culpa do dono com certeza sem sombra de dúvida, eu tenho um pitbul a muito tempo e digo sem pestanejar nenhum momento é O MELHOR CACHORRO QUE EU JÁ TIVE ADORO ELE MAIS DO QUE UM FILHO!!!!!!!

Nome (requerido)

Email (Segredinho nosso)

Site ou blog

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe seu recado (que pode ser devidamente editado, ignorado, respondido, deletado... Depende do meu humor!)

"A vontade pode e deve ser um motivo de orgulho superior ao talento." Balzac

"Quem atinge o seu ideal, ultrapassa-o precisamente por isso." Friedrich Nietzsche

"O homem sensato adapta-se ao mundo. O homem insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Sendo assim, qualquer progresso depende do homem insensato." Bernard Shaw

"Todos os nossos sonhos podem se realizar, se tivermos a coragem de persegui-los." Walt Disney